SPED

Para facilitar a busca e o entendimento sobre a expertise de cada empresa, segmentamos itens de de abragência da solução apresentada pelo softaware e pela consultoria prestada por cada uma delas:

  1. Auditoria Digital dos Arquivos SPED
  2. Auditoria Digital de NF-e de entrada e saída
  3. Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores
  4. Classificação Fiscal de Mercadorias e Enquadramento Tributário
  5. Alimentação Fiscal de ERP
  6. Storage de Documentos Fiscais
  7. Gestão do Ciclo de Emissão da NF-e
  8. Soluções Fiscais
  9. Soluções de BI Fiscal
  10. Contabilidade Digital

Como trabalhar com a informação nos dias atuais? Fato é que devemos trabalhar com o conceito de que informação gera valor financeiro, e não simplesmente que a informação é um patrimônio, qualificando-a como um ativo ou passivo, mesmo que intangível. Informação qualificada agrega valor a uma ação, orienta uma decisão, fundamenta um planejamento, gera a expectativa de valor financeiro em função do conhecimento adquirido e aplicado.

Quando falamos em informação temos por pressuposto dados digitais, pois é certo que toda a informação, em determinado momento, será digitalizada, nascendo originalmente no ambiente virtual, ou sendo transferida a este ambiente.

Hodiernamente muito se fala em “Big Data”, ou, “explosão de dados”, o excesso de informação bruta, desqualifica de sentido e significado. Centenas de megabytes de informação chegam às organizações e as pessoas e, numa luta inglória, apenas décimos destes dados são quantificados, analisados, e armazenados adequadamente, e ainda, centésimos destes passam a ser informação e a gerar conhecimento, e por fim, menor ainda é a parte que gera resultados efetivos quando de sua aplicabilidade.

Então, qual é o desafio? Sem rodeios, o desafio é transformar dados em informação, sendo as informações pressupostos para o conhecimento. A informação é o ponto central de tudo, a justa medida para o conhecimento, sem informação não é possível gerar conhecimento, pois o conhecimento deve ser tratado como relacional.

Dito isto, não é difícil pontuar alguns obstáculos deste desafio:

  • Dados: análise da origem e destino, armazenamento, tratamento, quantificação e qualificação.
  • Informação: análise da formação, entendendo sua necessidade e uso.
  • Conhecimento: gestão da informação, já que o conhecimento é a informação analisada, interpretada, e com significado.

Neste panorama, os serviços de Consultoria oferecidos têm por escopo auxiliar nas decisões referentes à infra-estrutura de software de Gestão Fiscal e na melhor utilização de ferramentas, orientando sobre a adoção de novas tecnologias, e ajudando a equipe de desenvolvimento a melhorar a qualidade e performance de suas aplicações transacionais, diminuindo o tempo de desenvolvimento e análise, facilitando a manutenção e evoluções futuras. São serviços altamente qualificados com foco na gestão estratégica da carga tributária, risco fiscal, e passivo fiscal, assegurando o compliance fiscal e a responsabilidade fiscal das empresas perante o Fisco.

Atuamos com uma equipe multidisciplinar de consultores associados, com expertise áreas estratégicas na nova disciplina da TI Fiscal, Contabilidade Digital e Advocacia Fiscal, elaborando alternativas tecnicamente viáveis e comprometidas com a legislação vigente, a fim de evitar desembolsos indevidos ou multas decorrentes do não cumprimento das obrigações tributárias.

Faz pouco tempo que departamentos Fiscais, Contábeis e RH, antes independentes, agora tem seus caminhos cruzados na consecução de um único objeto, o Sped. Competências dispares agora começam a ter que ser apresentadas todas em consonância, a linguagem passa a ser uma só, o plano de contas agora é referencial, clientes, fornecedores, funcionários, terceiros, todos passam a ser relacionado ao sujeito passivo da obrigação fiscal, o contribuinte. Assim, é fato de que cada vez mais os desafios na Gestão Tributária vêm exigindo atenção total dos gestores fiscais, que precisam estar preparados para as rápidas mudanças e as novas exigências do Fisco para evitar multas ou autuações contra a empresa.

Para uma solução integrada e eficiente, nosso serviço de consultoria disponibiliza um portfólio de serviços que atendem de forma completa Gestão Fiscal, atuando desde o tratamento da qualidade dos dados cadastrais, passando pela estruturação do banco de dados fiscal e tributário, gerando os arquivos digitais, auditando os arquivos digitais, e assegurando uma representação adequada em contenciosos fiscais.

read more

SERVIÇOS

Neste panorama, os serviços de Consultoria oferecidos têm por escopo auxiliar nas decisões referentes à infra-estrutura de software de Gestão Fiscal e na melhor utilização de ferramentas, orientando sobre a adoção de novas tecnologias, e ajudando a equipe de desenvolvimento a melhorar a qualidade e performance de suas aplicações transacionais, diminuindo o tempo de desenvolvimento e análise, facilitando a manutenção e evoluções futuras. São serviços altamente qualificados com foco na gestão estratégica da carga tributária, risco fiscal, e passivo fiscal, assegurando o compliance fiscal e a responsabilidade fiscal das empresas perante o Fisco.

Faz pouco tempo que departamentos Fiscais, Contábeis e RH, antes independentes, passaram a ter seus caminhos cruzados na consecução de um único objeto: o SPED. Competências dispares agora começam a ter que ser apresentadas todas em consonância, a linguagem passa a ser uma só, o plano de contas agora é referencial; clientes, fornecedores, funcionários, terceiros, todos passam a ser relacionado ao sujeito passivo da obrigação fiscal: o contribuinte. Assim, é fato que cada vez mais os desafios na Gestão Tributária vêm exigindo atenção total dos gestores, que precisam estar preparados para as rápidas mudanças e as novas exigências do Fisco .

Para uma solução integrada e eficiente, nosso serviço de consultoria disponibiliza um portfólio de serviços que atendem de forma completa Gestão Fiscal, atuando desde o tratamento da qualidade dos dados cadastrais, passando pela estruturação do banco de dados fiscal e tributário, gerando os arquivos digitais, auditando os arquivos digitais, e assegurando uma representação adequada em contenciosos fiscais.

Classificação Fiscal de Mercadorias e Enquadramento Tributário

O ajuste SINIEF 12 de 25/09/2009 torna obrigatório a partir de 01/01/2010 na emissão de Nota Fiscal Eletrônica informar, entre outros dados, o NCM completo para todas as operações da Indústria e Comércio. Com a implantação da Nota Fiscal Eletrônica e do SPED Fiscal, as falhas na Classificação Fiscal de Mercadorias ficam evidentes à fiscalização, tornando sua empresa vulnerável já que cabe ao próprio fabricante, importador ou exportador, informar a classificação fiscal de suas mercadorias, sendo que o enquadramento tributário incorreto imputa multas que podem alcançar a 75% do tributo omitido nos casos de recolhimento a menor de impostos, além dos devidos acréscimos legais incluídos na base de cálculo em relação ao II, IPI, ICMS, PIS, COFINS.

Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores

Conforme disposto nos regulamentos de ICMS dos estados, tanto o comprador quanto o fornecedor contribuintes de ICMS devem comprovar sua regularidade perante o Fisco, bem como exigir a comprovação da regularidade da outra parte. A irregularidade resulta na emissão de documento inábil para o crédito do imposto caracteriza-se como crime tributário.

Com a entrada em vigor da Nota Fiscal Eletrônica e do SPED a identificação de dados cadastrais incorretos ou de CNPJ Inabilitados pelo fisco é imediata quando do envio das informações em arquivo magnético.  Cabe ao contribuinte a validação junto a Receita Federal e Sintegra dos dados cadastrais do cliente antes da emissão da Nota Fiscal Eletrônica. O mesmo se aplica ao recebimento de uma Nota Fiscal Eletrônica ou Nota Fiscal de fornecedor, o contribuinte é também co-responsável pela transação que esta ocorrendo, ficando também sujeito a autuação da mesma forma.

Auditoria de Arquivos Digitais

A gestão dos riscos empresariais, sobretudo o tributário, além do aperfeiçoamento constante dos seus processos de gestão, aliadas às constantes mudanças da legislação brasileira são um grande desafio para empresas, uma vez que erros e inconsistências nas informações enviadas ao Fisco serão facilmente identificados pelas Administrações Tributárias e considerados como indícios de sonegação fiscal.

  • Inexistência de Fundamentos Legais Obrigatórios.
  • Obrigatoriedade do preenchimento de IPI.
  • Conferência de Cálculo dos Impostos.
  • Serviço Tomado Sujeito a Retenção do Pis.
  • Conferência de Cálculo dos Impostos.
  • CST Não Tributada para Pis.
  • Benefícios Fiscais.
  • IVA Substituição Tributária.
  • Aplicação da Alíquota Interna.
  • Relatório de Créditos do ICMS.
  • Antecipa a análise do Fisco sobre os arquivos digitais da empresa, permitindo conhecer os riscos fiscais antecipadamente e promover correções em seus processos e procedimentos.
  • Segurança e tranqüilidade da qualidade das informações enviadas para o Fisco.
  • Valida 100% dos registros nos  arquivos digitais fiscais e contábeis e aponta não-conformidades das informações em relação à legislação vigente, oferecendo plena segurança e confiabilidade no compliance.
  • Indica inconsistências na parametrização dos sistemas.
  • Proporciona economia através da redução de multas por erros operacionais.
  • Permite corrigir informações antes de enviar os arquivos ao Fisco, melhorando os procedimentos contábeis.
  • Fornece subsídios para a gestão estratégica do negócio e para a governança tributária através do conjunto de relatórios.
 Auditoria de Arquivos Digitais XML: Notas Fiscais Eletrônicas de Entrada e Saída
read more

TI FISCAL

Diversas empresas provedoras de soluções fiscais atuam no mercado, umas focando o atendimento integral da complexidade da realidade tributária nacional, oferecendo softwares e serviços, objetivando a automatização de processos envolvendo o núcleo fiscal, contábil, RH e os setores de análise estratégicas das organizações empresariais; e outras com soluções específicas a setores e nichos de mercado.

O conceito de consultoria em TI Fiscal organiza-se como uma forma de análise e abordagem de conhecimentos fiscal, contábil, jurídico e de tecnologia da informação.

Quando o assunto é o projeto SPED, no mercado impera a escassez de profissionais capacitados para ratificar uma escolha por um produto ou serviço que supra as necessitadas da empresa quanto ao tratamento das questões envolvendo a Tecnologia Fiscal a ser empregado no SPED. Este tipo de profissional deve ser multidisciplinar, atento à tecnologia de tratamento de dados fiscais.

Considerar uma consultoria para direcionar toda a força de análise da empresa quando da escolha de sistemas de tecnologia da informação fiscal é uma escolha que deverá ser feita como uma fato preventivo aos “milagres já propostos no mercado”, já que hoje todos sabem de tudo um pouco quando o assunto é Sped Fiscal.

Assim, a Consultoria TI Fiscal pode convergir para algumas questões pontuais:

  • Auditoria Digital: Auditoria dos arquivos do Sped Fiscal e de outras obrigações acessórias, com a aplicação de rotinas de Auditoria digital para a análise de passivos e créditos tributários, com inferência na recuperação de créditos fiscais.
  • Auditoria Digital de NF-e: validação tributária da NF-e entradas e saídas.
  • Classificação Fiscal de Mercadorias e Enquadramento Tributário: identificar a NCM aplicável aos seus produtos, indicando as alíquotas relativas ao IPI e ao Imposto sobre Importação e monitorar as informações enviadas, garantindo a sua constante atualização.
  • Saneamento de Cadastros de Clientes e Fornecedores: acompanhamento periódico, de forma a monitorar a regularidade fiscal dos clientes e fornecedores,
  • Alimentação Fiscal de ERP´s: Atualização automática dos sistemas de sua empresa, para garantir que o ERP esteja com as alíquotas e regras corretas.
  • Storage de Documentos Fiscais: Armazenamento Seguro de arquivos XML’s de Notas Fiscais e Conhecimentos de Transporte Eletrônicos (NFe e CTe).
  • Gestão do Ciclo de Emissão da NF-e: Após a importação das Notas Fiscais e Conhecimentos de Transporte, o próximo passo é a validação da integridade e autenticidade destes documentos junto a Sefaz de origem. Após o prazo de cancelamento permitido por lei, é feita uma nova verificação com intuito de confirmar que documento não foi cancelado no período.
  • Soluções Fiscais: Complementos aos ERP´s, especializados em funções de auditoria e geração do Sped Fiscal.
  • Módulos Fiscais: Complementos próprios de ERP´s, destinados a departamentos fiscais e contábeis.
  • BI Fiscal: Software de análise de  indicadores de eficiência (KPI), formado a partir de tendências de análises.
  • Contabilidade Digital: Sistemas aplicados à nova contabilidade digital para escritórios de contabilidade.

De um modo geral, soluções fiscais são concebidas para controlar riscos fiscais e custos de processos. São ferramentas informacionais que se integram a ERPs (SAP, ORACLE, BAAN, JDE, PEOPLE, STARSOFT, DYNAMICS) e legados, sendo desenvolvidas em plataformas de SOA, WEB, multiplataforma, multibanco, dependendo na necessidade da empresa.

A customização destas ferramentas já não é uma coisa irreal em termos financeiros, existe no mercado muitas ferramentas e provedores de soluções, cada um especializado em setores e determinadas empresas. Seguindo esta tendência, as principais obrigações atendidas pelas soluções do mercado abordam os seguintes módulos:

  • SPED Fiscal
  • SPED Contábil
  • Nota Fiscal Eletrônica
  • Conhecimento eletrônico de Transportes
  • EFD PIS/CONFINS
  • EFD Social (em testes e desenvolvimento)
  • Central de Balanços (em testes e desenvolvimento)
  • CIAP
  • IN86 e IN100

O que se deve ter em mente é que a informação deve ser obtida de forma rápida e acurada, com qualidade, em ruídos, ou dissonâncias com o fato tributário. A informação fiscal qualificada é uma importante ferramenta de gestão empresarial, de forma a gerar:

  • Garantia de atualização permanente do Software de Gestão.
  • Redução do Investimento em Aquisição, Implementação e Manutenção Infra Estrutura de Hardware e Software.
  • Confiabilidade das Informações para tomada de decisões.
  • Acesso WEB ao aplicativo.
  • Atendimento de todas as Obrigações Principais e Acessórias conforme Legislação Federal, Estadual e Municipal.
  • Redução do Custo de manutenção dos Departamentos Fiscal, Contábil e Trabalhista, com a garantia de permanente atualização das Legislações, e a confiabilidade, nas obrigações assessorias fiscal, contábil e trabalhista, geradas pelos sistemas.
  • Integridade e Conciliação das informações fiscais e contábeis.
  •  Diminuição da exposição fiscal e aplicação de Multas.
  • Correta gestão da Carga tributária da empresa.
  • Permanente atualização das alterações legais e de alíquotas de Imposto.
  • Segurança e tranqüilidade da conformidade das operações mercantis da empresa.

read more

PRODUTOS

Para facilitar a busca e o entendimento sobre a expertise de cada empresa, segmentamos o setor de TI em linhas de atuação:
  • AUDITORIA DIGITAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA:

No novo cenário que surgiu com o SPED torna ainda mais relevante a adequação das regras tributárias aplicáveis às empresas, uma vez que suas operações estão cada vez mais expostas à administração tributária. Equívocos que dificilmente poderiam ser constatados agora podem ser identificados em tempo real.

O SYSTAX é uma ferramenta de TI Fiscal, que garante que as informações dos documentos fiscais estejam corretas, especificadamente a Nota fiscal Eletrônica. Permite a verificação adequada da incidência do tributo, calculando corretamente o montante devido conforme a legislação vigente.

Além das tabelas de alíquotas e formas de cálculo, o SYSTAX processa 771.542 regras de tributação, já implantadas no sistema. Sua implantação, para melhor aproveitamento da ferramenta, é precedida por um estudo de operações, produtos e tabelas utilizadas no sistema do emissor. As regras de tributação estão totalmente detalhadas no sistema, o que permite um rápido processo de configuração.

O SYSTAX é passível de configuração para as novas situações e produtos, adaptando-se continuamente às necessidades de cada cliente. Além disso, existe a necessidade de atualização do conhecimento fiscal, é nisso o SYSTAX tem seu diferencial respaldado por uma equipe especializada de analistas fiscais, os quais acompanham diariamente todas as mudanças na legislação, procedendo às alterações das regras tributárias utilizadas para a validação fiscal, diretamente na ferramenta.

Todas as alterações ficam à disposição na ferramenta, parametrizadas como regras tributárias, armazenadas, permitindo um controle histórico tanto do legado quando do presente. Com isso, o SYSTAX consegue aplicar a cada documento as regras adequadas ao momento específico de sua emissão.

O SYSTAX verifica se as regras tributárias estão sendo devidamente aplicadas antes, durante ou após a emissão da NF-e, com mensagens de validação, erro ou advertência. A validação das informações tributárias também pode ser aplicada às NF-e recebidas.

A integração do sistema de cada cliente com o SYSTAX é implementada com o uso de Web Services. O SYSTAX é compatível com todos os sistemas de emissão de NF-e oferecidos no mercado. Também é possível fazer as validações por meio de aplicativo disponível na página do SYSTAX, o que dispensa qualquer investimento em integração.

Em caso de não validação do documento, o SYSTAX indica a regra infringida prevista na legislação e os problemas identificados. Também é informado o quanto está sendo recolhido a maior ou a menor de tributos. O SYSTAX abrange os seguintes tributos: ICMS, IPI, PIS, PIS IMPORTAÇÃO, COFINS, COFINS IMPORTAÇÃO, II.

Disto, verifica-se a clara vantagem da utilização desta ferramenta:

• Emissão de documentos de acordo com a legislação federal e estadual vigente;
• Minimiza riscos de recolhimento a maior de impostos e de autuação em caso de fiscalização;
• Aumenta a confiabilidade nas informações contidas no documento fiscal;
• Evita transtornos para a correção de erros cometidos em documentos já emitidos.

  • ALIMENTAÇÃO FISCAL DE ERP:

Atualização automática dos sistemas de sua empresa, garantindo que o ERP esteja não somente com as alíquotas, mas com as regras tributárias corretas.

É um importante fator para melhorar a operação diária em atividades como faturamento, escrituração fiscal e contábil. É agilidade, confiança e mais qualidade nos processos internos. E um grande diferencial que pode ser integrado aos mais diversos ERP, como SAP, Oracle, BPCS e Bann, e outros.

Oferece-se a atualização de alíquotas, tabelas e regras de cálculo de tributos, seja para ICMS, II, IPI, PIS ou COFINS. A TEC e TIPI são facilmente obtidos.

É importante ressaltar que os dados “não são padronizados e genéricos”, pois esse serviço é precedido de um estudo sobre a empresa, seus produtos e operações, de modo a personalizar as respostas do sistema.

SYSTAX leva TEC e TIPI diariamente para os sistemas da sua empresa:

A TEC – Tarifa Externa Comum e a TIPI – Tabela de Imposto sobre Produtos Industrializados também fazem parte do SYSTAX.

As informações necessárias para as operações de comércio exterior da sua empresa podem ser obtidas facilmente e de forma automatizada, via web service. Dessa forma, os dados são passados de sistema para sistema, diminuindo custos e riscos e aumentando a praticidade.

As soluções do SYSTAX possibilitam ainda a revisão e o acompanhamento da classificação fiscal, inclusive de novos produtos, conferindo maior qualidade ao cadastro de sua empresa.

Tabelas disponibilizadas por web service:

TEC (Imposto de Importação + IPI + PIS/COFINS – importação + ICMS Convênios Federais) e suas tabelas correlacionadas, TIPI, Lista de Exceção à TEC, Lista de Exceção de BIT, Ex-tarifários, Sistemas Integrados, Quotas, Defesa Comercial, Tratamento Administrativo, Acordos Internacionais, CIDE Combustíveis, Imposto de Exportação, Cotações de Moedas, NVE – Nomenclatura de Valor e Estatística.

  • AUDITORIA DIGITAL DOS ARQUIVOS SPED:

Fornecedores de Software e Soluções de TI

 

read more